• Anna Morais

Quente ou frio? O WB de cada hora.

Se você é da área, certamente já ouviu falar em “Bater o Branco”, e isso pode até ter sido um pouco confuso no começo, não é mesmo? Para quem ainda não conhece o termo ou tem suas dúvidas, o post de hoje é bem legal.

Bater o branco é fazer o ajuste manual do balanço de branco. Como assim, Anna?


Opa! Vamos voltar um pouquinho: Balanço de Branco ou White Balance (WB) é o processo de correção de cores não reais com o intuito de retomar a fidelidade das cores reais do ambiente, para isso, a melhor referência é o branco.

Você encontrará essa referência quando os detalhes em branco de uma cena, realmente esteja branco, e não adulterado pela iluminação tendendo ao azul ou alaranjado.


Mesmo que esteja ousando com sua criatividade para alterar significativamente as cores de sua fotografia, deve-se considerar a “temperatura de cor” da fonte de luz (veja em https://www.annamorais.com/post/luz-muito-prazer) tanto para o white balance correto, quanto para essa ousadia de transformar a cor real de sua imagem.



#NaPrática

Quanto maior o número em Kelvin, mais alta a temperatura e mais fria a luz, ou seja, mais azulada.


Quando configura a câmera para fotos onde o ambiente está mais azulado, a câmera irá compensar esse valor “amarelando” as cores da foto e então, obter o balanço de branco correto, onde o branco, realmente será branco e as demais cores mais aproximadas do real.


Sua câmera (compacta, dslr ou celular) provavelmente deve ter a função de White Balance, muitas vezes representada pelas siglas WB; ao selecionar a função, você terá acesso às opções de temperatura de cor, as vezes, representada pela temperatura em Kelvin (por ex.: 4000K); outras vezes por ícones, como um sol, uma lâmpada, uma nuvem, entre outros ícones, esses apresentam o mesmo significado da temperatura em Kelvin.


Você pode estar se perguntando: “Anna, qual eu vou escolher?”

É claro que você vai ousar e fugir do AWB e experimentar criar a sua cor da fotografia, então, observe a fonte de luz aplicada na cena (objeto ou pessoa) a ser fotografada. A fonte de luz é natural? O sol está a pino? Utilize 5000 a 6500K, ou o ícone de sol em seu painel (observe a temperatura em Kelvin ao selecionar a opção). Se você estiver em um escritório com lâmpadas fluorescentes, utilize o ícone de lâmpada fluorescente ou a temperatura de 4000 a 5000K; em um restaurante, onde normalmente as lâmpadas têm tonalidades mais quentes, utilize 2500k a 3500K.


Surge então uma nova pergunta: “Esses valores são regras?”

E eu respondo 😁: Não! Muitas vezes, os valores são pré-determinados nas câmeras, porém, você pode e deve ousar e ter total liberdade para a escolha da foto que quer fazer e também porque a temperatura de cor pode variar de ambiente para ambiente, por isso, costumamos “bater o branco”, que nada mais é que fazer a medição de luz no local sobre uma superfície branca.


Como bater o branco?


Escolha uma superfície branca (pode ser parede, camiseta ou até mesmo uma folha de papel branca), use-a como referência no local onde será capturada a fotografia, tire uma foto ou faça uma cena dessa imagem totalmente branca no enquadramento, vá até a função balanço de branco manual em sua câmera e selecione essa cena/fotografia como referência de branco.


Agora, se você adora o surrealismo fotográfico, aposto que você pensou em usar uma superfície de outra cor, não é mesmo? (Não hesite! Experimente e me manda, Eu posto!).


Entenda o WB em alguns painéis:




😘 Um forte abraço! Até a próxima…

E lembre-se, qualquer dúvida ou comentário, me chama no insta @annamorais_of


37 visualizações

© 2020AMO